quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Bom Ano!

E lá se foi mais um Natal e mais um ano...
Porque celebramos cada volta que o planeta dá ao sol?
Só porque os ciclos da Natureza se repetem? Está bem, é uma boa desculpa...e acho graça, contar as Primaveras...
Mas oiço dizer que já nem as estações do ano são o que eram..."el niño", aquecimento global (se o Al Gore diz que é verdade é porque deve ser...), o planeta está doente!
Ou a Humanidade repõe rapidamente a saúde do planeta, ou teremos que rapidamente inventar maneira de ir poluir outros planetas...
E assim se espalhará a Humanidade pela Galáxia e depois pelo Universo, como uma doença viral, à velocidade do "big bang"!
Descobrimos muito e inventámos mais ainda - mas não uma maneira de nos integrarmos equilibradamente no nosso próprio eco-sistema.
A descoberta da ferramenta, do utensílio, extensão do corpo, para facilitar as tarefas físicas, deixando mais tempo para as intelectuais, desbastou e devastou florestas, mares, recursos... deixando nada, senão uma vastidão de aridez!
Acho que nem a própria Mãe-Natureza contava com uma enrascada destas...produzir um vírus que se auto-destrói e leva tudo consigo no processo...!
Mas até lá, ainda faltam algumas Primaveras...
Que as voltas ao sol que nos restam nos tragam inspiração para ajudar a Natureza a desenrascar-se desta!
Que ao menos sejamos um vírus benigno, que dê lugar a um crescimento saudável, fecundo, equilibrado e condigno!
Mesmo que dando voltas a sóis insuspeitados, em planetas por descobrir...
Bom ano!

Sem comentários: