sábado, 20 de dezembro de 2008

Tenham um Feliz Natalinho, sim?

Crise, crise, crise e mais crise...mais pra uns de que pra outros...!
Com maior ou menor dificuldade, lá vamos arrastando os ossos e a existência, por mais uma estação, mais um milénio, mais um decénio, mais um ano.
Mudar o que está mal, preservar o que está bem, reconhecer a diferença.
A tarefa incumbida, realizá-la o melhor possível.
Com alegria, ótimismo e esperança no futuro. Nada mais nos resta.
Para muitos, um grande e festivo e esfusiante Natal e festejos anexos, não fará muito sentido.
Mas mesmo com os problemas todos do mundo, e todas as estaladas da vida, tenham todos um Feliz Natalinho, sim?